terça-feira, 30 de maio de 2017

Animais do Zoológico se exercitam no inverno


Para enfrentar as baixas temperaturas de inverno a equipe de profissionais do Zoológico de Piracicaba adota algumas medidas para preservar os habitantes.


A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, árvore, atividades ao ar livre e naturezaAlém dos cuidados como o aquecimento dos recintos e a introdução na dieta de alguns alimentos mais calóricos, algumas atividades físicas são introduzidas de forma lúdica para fazer com que os animais se exercitem, contribuindo para o aquecimento e alongamento, além do tradicional banho de sol.
Estas atividades fazem parte do Enriquecimento Ambiental que consiste na introdução de variedades criativas e até mesmo alguns desafios a fim de contribuir com o bem-estar dos animais cativos. Mas, não se restringem apenas às atividades físicas. Alimentos são escondidos ou pendurados para estimular ou simplesmente para quebrar a rotina. Estas diferentes técnicas de enriquecimento podem ser divididas em cinco grandes grupos: físico, alimentar sensorial, social e cognitivo.
Para estas atividades, algumas peças são criadas, construídas e instaladas nos recintos pela estagiária Franciele para despertar a curiosidade e desafiar alguns animais. Por exemplo, nesta segunda-feira (29/05) as onças pintadas, foram recolhidas, e, quando voltaram ao recinto encontraram um dos pilares do recinto revestido de corda. Rapidamente ela "escalou" em busca do prêmio que estava no alto, uma bola presa por um fio. Outra bola, de capotão, "deixada" no recinto também contribui para estimular "estes gatinhos" gigantes.

 Outras ações


Também para proteger e cuidar dos animais, os recintos das araras, papagaios e periquitos estão cobertos de lona, são abertas (parte da frente) só quando há sol, segundo a bióloga Paula Matias.  
Paula explicou que até o momento as coisas estão tranquilas, “mas, caso o inverno fique mais severo, as aves mais frágeis, como papagaios, ararajubas, tiribas e periquitos poderão ser levadas para o local chamado quarentena.
Para as aves maiores, ou seja, araras, reforçaremos a proteção de mangueira de bombeiro, disponibilizaremos feno e mais ninhos de madeira. Para os passarinhos do aviário colocaremos vários ninhos feitos de cabaça.
Para os mamíferos e de grande porte elas preparam uma forração de feno sobre pallets. Inclusive para os felinos que dormem nas áreas cobertas dos seus recintos. Para os primatas preparam abrigos de madeira como se fossem "ninhos".
Os recintos dos tucanos, corujas também recebem cortinas feitas com mangueiras de bombeiros para aquecer.

Com relação a alimentação, o amendoim é acrescentado para enriquecer o alimento de inverno além de coco, abacate que são usados com mais frequência para reforçar a alimentação.  E sempre que possível a dieta das araras e papagaios são enriquecidas com pinhão.  Segundo a bióloga, o serpentário recebeu lâmpadas de 250 w para aquecer o recinto e também no corredor. Isso porque as cobras precisam de ambientes em torno de 22 a 27 graus. Os iguanas e repteis também receberam aquecedor.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Site da Sedema ganha nova cara

Com site repaginado, a Secretaria espera integrar cada vez mais a Prefeitura, através da Sedema, ao contribuinte.

O site da Secretaria de Meio Ambiente – Sedema, lançado em 2014, foi repaginado com o objetivo de oferecer ainda mais informações ao munícipe, sempre de forma prática e funcional.


O site da Sedema é dinâmico, e, através do SEDEMA EM Ação, o munícipe encontra as informações atualizadas de forma sistemática, disponibilizando, por exemplo, as obras de construção e reforma nas áreas verdes que a Sedema vem executando em Piracicaba, através de imagens.
No campo "DESTAQUES - SEDEMA em Ação", na página inicial, mantém registradas os principais fatos e ações da Sedema.
Na página inicial, através do ícone escolhido, o contribuinte terá acesso a links úteis; telefones; endereços e mapas de localização dos diferentes serviços; programação dos diversos setores da secretaria: projetos e obras; limpeza urbana; resíduos sólidos; DCF (Divisão de Controle e Fiscalização): Vegetação Urbana; Núcleo de Educação Ambientais e Licenciamento Ambiental.
È possível acompanhar a programação de corte de mato e manutenção das áreas verdes, disponível semanalmente. Além disso, outros serviços e ações dos diferentes setores estão disponíveis direto ou através de links.   
Todo o acervo de imagens está disponível através do site: na página principal através da Galeria de Vídeos e de Imagens.  

As notícias da Sedema estão no blog do site: 


http://sedemapiracicaba.blogspot.com.br . atualizadas com frequência.  
Com estas alterações e mudanças, a Secretaria espera poder facilitar e integrar cada vez mais a Prefeitura, através da Sedema, ao contribuinte. 


A Sedema informa a programação semanal de capinação das áreas verdes

Programação Semanal - Manutenção de áreas verdes das seguintes regiões e locais  



REGIÃO 1 - Chapadão / Santa Inês / Altafim.
REGIÃO 4 - Jardim Oriente / Jardim Elite / Nova América / Caxambú.
REGIÃO  5 - Área do São Miguel.

REGIÃO 6 - Morro do Castelinho / Pq. Sabiás.
REGIÃO  9  - São Vicente I e II.
CIRCUITOS  - Av. Dr. Paulo de Moraes / Av. Cristóvão Colombo / Av. Jaime Pereira (1 e 2) / Av. Rio Claro / Av. Rio Das Pedras / Praça da Rua Paulo Fidélix / Praça Pelourinho / Rua Santa Catarina / Centro de Lazer Avencas / Centro de Lazer Serra Verde / Centro de Lazer Jd. Oriente / Av. Luis Pereira Leite.

PARQUES  -                 Paraiso da Criança

LEGENDA:
* C.L. - Centro de Lazer.
* C.F. - Campos de Futebol.
* A programação poderá sofrer alterações em função de mudanças climáticas.

* Poderá haver divergência entre a Programação Semanal e a Anual em função de mudanças climáticas.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Prefeitura terminou poda de árvores e limpeza da Praça Tibiriça

A Prefeitura de Piracicaba, por meio do Núcleo de Arborização da Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), terminou nesta sexta-feira (26/05) uma ação preventiva de poda e limpeza na Praça Tibiriçá, localizada no Centro, entre as ruas do Rosário e Alferes José Caetano.

Naquele local, os técnicos da Sedema devem executar a limpeza de sub-bosques, retirada de vegetação danificada e de galhos caídos, poda de árvores e até a retirada de algumas árvores que foram previamente vistoriadas e que apresentaram sinais de senescência ou problemas fitossanitários. Este serviço deve se estender até amanhã, 25.

Assim como acontece em outras áreas verdes da cidade, com a poda preventiva na Praça Tibiriçá e a adequação das árvores àquele espaço, a secretaria contribui para a melhoria da iluminação e, consequentemente, aumento da segurança para quem utiliza o espaço, passa por ele e também para estudantes da Escola Estadual Morais Barros, que fica na praça.






Além deste trabalho, a Sedema também promove a lavagem frequente do piso da Praça Tibiriçá, utilizando água de caminhão pipa. A ação é necessária para a limpeza de fezes de pássaros que procuram as árvores da praça para pernoitarem.


Macacos do Zoo ganham proteção contra mosquito transmissor da febre amarela

Iniciativa da Prefeitura, por meio da Sedema, 'envelopa' com telas recintos onde vivem os primatas das espécies prego, bugio e aranha


Chico, Mãozinha, Dentinho, Ronaldo e Buba ganharam um presente esta semana. Os macacos-prego do Zoológico Municipal de Piracicaba agora estão protegidos dos mosquitos que podem transmitir a febre amarela, com telas gigantes que envolvem todo o seu recinto. A iniciativa da Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), é de prevenção, já que em Piracicaba não foi registrado nenhum caso da doença nem em macacos nem em humanos. Nos próximos dias, o cuidado será estendido para os bugios e também para os macacos-aranha, num total de sete recintos e um espaço para quarentena.

No total, os recintos dos primatas do Zoo serão "envelopados" com 800 metros de telas, que são costuradas pela bióloga Paula Matias, pela veterinária Camilla Xavier e pela funcionária do almoxarifado Tânia Magda Santos. "Cento e cinquenta metros já foram
instalados", avisa Paula.

De acordo com Camilla, há casos de macacos que morreram na região de Campinas, em decorrência da febre amarela. Dessa forma, por recomendação da Secretaria do Meio Ambiente do Estado, esse trabalho começou a ser feito no Zoo de Piracicaba. "Temos de proteger os macacos porque eles são mais sensíveis ao vírus. Onde há casos de febre amarela os macacos estão sendo dizimados", alerta.

A febre amarela urbana (FAU) é transmitida pelo Aedes aegypti, o mesmo mosquito que transmite a dengue. Na mata, a febre amarela silvestre (FAS) é transmitida pelos mosquitos dos gêneros Haemagogus Sabethes. Segundo Camilla, os casos de febre amarela que ocorrem no Brasil é do ciclo silvestre. Não há casos do ciclo urbano. O último surto de febre amarela urbana foi em 1942.

Paula conta que nos próximos dias os macacos-aranha-de-cara-preta e aranha-de-testa-branca serão retirados de suas ilhas, que ficam logo na entrada do Zoo, à direita, e colocados em um recinto. Kaolho, Érica, Carlão, Jaime, Sasquatch e outros, que vivem ali, estão entre as principais atrações do Zoo e adoram a liberdade que têm ao ar livre, mas a medida é necessária para preservar suas vidas. "Eles serão colocados em recintos para que possamos cobrir com a tela. É uma medida temporária", esclarece Paula.

O Zoológico Municipal de Piracicaba fica na avenida Marechal Castelo Branco, 426, Jardim Primavera. Funciona de segunda a sexta, das 9h às 16h. Entrada gratuita. Telefone (19) 3421-3425.
-- 

Operação da Sedema vistoria 732 caçambas

Em dois dias, a Sedema autuou 24 caçambas irregularidades


 
            A Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) realizou nos últimos dias 22 e 23 uma operação para vistoriar as condições e o registro das caçambas utilizadas principalmente para o descarte de entulho e material de construção. A operação foi desenvolvida pelo fiscais da Divisão de Controle e Fiscalização. Em dois dias de operação, foram vistoriadas 732 caçambas colocadas em frente as obras de construção e reformas espalhadas pela cidade.
            Do total, 24 caçambas apresentaram irregularidades. 19 por não estarem cadastradas nos registros do sistema de controle da Sedema; quatro por descordo com o padrão (ou seja, sem as condições mínimas de uso) e uma outra por apresentar numeração duplicada.
            As empresas que não cadastraram as suas caçambas no sistema foram em multadas em R$ 1.052,94 cada. Aquelas em desacordo com o padrão, multa de R$ 752, 10 reais cada e a outra com a numeração duplicada, autuada também em R$ 752,10.
            De acordo com Reinaldo Rabelo Filho, da Divisão de Controle e Fiscalização, a  operação é realizada a cada seis meses. Mas, se houver uma denúncia os fiscais são acionados para fazer a inspeção. A intenção desta operação foi realmente checar as condições das caçambas, desde a conservação até a pintura das faixas reflexivas de alerta.
            O secretário José Otávio Machado Menten lembrou que, Piracicaba, tem uma lei que regulamenta o serviço na cidade que precisa ser cumprida. Ele explicou que cabe à Sedema a fiscalização e o alerta às empresas da necessidade de se cumprir a lei. Além disso, a Secretaria que tem o controle da deposição de entulho ou resto de material de construção nos locais corretos. Por isso, é importante, a cada seis meses, as fiscalizações.

            LEI DAS CAÇAMBAS

            A Lei nº 6962/2010, ou a Lei das Caçambas, foi criada pela Prefeitura com o objetivo de dar destinação correta aos resíduos e também para fomentar o seu reaproveitamento pela reciclagem. Por meio da lei foi criado o Certificado de Transporte de RCD, que é um sistema informatizado que obriga as empresas que exploram as caçambas façam o registros de seus equipamentos. Isso fez com que a Sedema tenha o controle das caçambas desde a sua chegada à construção até a descarga do resíduos em locais apropriados.
            Com esta rede de informações, houve um aumento considerável de recolhimento de RDC do município. Este material é encaminhado as empresas licenciadas para triagem, britagem e reutilização em obras e na operação tapa-buraco das secretarias, como Semae e Semob, e nas estradas vicinais pela Sema.
            Além disso, com este sistema, a Prefeitura conseguiu reduzir drasticamente a quantidade de resíduos de construção civil descartados irregularmente, nos chamados “bota-foras”, onde grupos de “catadores” informais trabalhavam em condições precárias, causando inclusive grandes danos ambientais ao solo. Por ser um sistema inovador tem servido de referência a muitas outras cidades que tem vindo conhecê-lo.

            ECOPONTOS

            Para os pequenos geradores de entulho de pequenas reformas, ou seja, para aqueles que geram até um metro cúbico de RCD, a Prefeitura criou os Ecopontos, instalados em diferentes pontos da cidade e que estão aptos a receber não só estes resíduos, mas também pilhas, baterias, lâmpadas fluorescentes, pneus e recicláveis.
            A Prefeitura possui hoje 9 ecopontos instalados no município, um sendo construído no Bairro Santo Antônio e projetos para instalação de outros.
            Antes de contratar o serviço de caçambas, o interessado pode entrar em contato com a Prefeitura, pelos telefones 3403-1252 e 3403-1254, para saber se a empresa que explora o serviço esta regular, ou seja, devidamente, cadastrada na Sedema.





quinta-feira, 25 de maio de 2017

Varredeira mecanizada agiliza a limpeza de áreas verdes da cidade

O equipamento auxilia na varrição diária da Praça Jose Bonifácio

O setor de varrição da Prefeitura ganhou reforço com a aquisição de uma máquina de varredeira mecanizada, C201 da Johnston pela Piracicaba Ambiental, empresa terceirizada que realiza o serviço terceirizado para a Prefeitura.

Segundo os técnicos da empresa, este equipamento foi adquirido para agilizar o trabalho de manutenção de praças públicas. “A varredeira auxilia o o serviço de varrição de várias áreas verdes da cidade. Na Praça José Bonifácio elas executa a varrição de  segunda a 


a sábado, por volta das 6 horas da manhã.
O equipamento que vinha sendo testado desde de forma experimental desde fevereiro em alguns pontos da cidade apresentou resultados satisfatórios, como: Prefeitura Municipal, Câmara Municipal, Ginásio de Esportes, Estádio Municipal, Terminal Rodoviário. ”

Segundo técnicos da Piracicaba Ambiental, a varredeira mecânica, foi projetada para realizar trabalhos de varrição leve e aprovado para recolhimento de folhas, garrafas pet’s, papéis de modo geral; terras em pequenas quantidades, retirar resíduos impregnados das calçadas das praças. Além disso, vem sendo usada também para aspirar folhas com o auxílio “sugador manual”.

Segundo informações da empresa “o operador da varredeira mecânica recebeu instruções e vem desempenhando suas atividades de modo seguro e satisfatório”. O equipamento tem capacidade no tanque de 50 litros de diesel S-10 e autonomia de trabalho entre 18 e 20 litros por turno trabalhado, chegando a fazer a limpeza de até 10Km em 8 horas de trabalho.”


quarta-feira, 24 de maio de 2017

Praça da Amizade passa por obras de manutenção pela Sedema


A imagem pode conter: pessoas praticando esportes e atividades ao ar livre


A imagem pode conter: atividades ao ar livreAs obras incluem reforma do alambrado e pintura da arquibancada, pintura dos brinquedos e instalação de novos bancos.

A Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente - Sedema realiza obras de manutenção na Praça da Amizade, localizada na rua Emílio Galdi no Jardim Monumento.

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Sedema realiza poda de árvores e limpeza da Praça Tibiriça



Ação é realizada por equipes da Sedema e deve se estender até amanhã


A Prefeitura, através do Núcleo de arborização da Sedema iniciou hoje (24/05) uma ação preventiva de poda e limpeza na Praça Tibiriçá, localizada no centro, entre as Ruas do Rosário e Alferes José Caetano.

Naquele local, os técnicos da Sedema devem executar a limpeza de sub-bosques, retirada de vegetação danificadas e de galhos caídos, poda de arvores e até a retirada de algumas árvores que foram previamente vistoriadas e que apresentaram sinais de senescência ou problemas fitossanitários. Este serviço deve se estender até amanhã. 



Assim como acontece em outras áreas verdes da cidade, com a poda preventiva na Praça Tibiriçá e a adequação das árvores àquele espaço, a Secretaria acredita estar contribuindo para a melhoria da iluminação e consequentemente promovendo maior segurança para pais e crianças e jovens da Escola Morais Barros e outros frequentadores daquela área verde do centro da cidade.



Com esta ação a Sedema a espera também minimizar o problema de fezes dos pombos em razão do número de pássaros que procuram aquelas árvores para pernoitarem. Além disso, a Secretaria promove a lavagem frequente do piso da praça Tibiriçá com jatos de água pelo caminhão pipa.          

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Sedema - Programação semanal de manutenção de áreas verdes

Programação de manutenção de áreas verdes durante semana de 22 A 27 DE MAIO


A manutenção de áreas verdes, corte  do mato, acontece de forma sistemática com uma programação fixa divulgada semanalmente no site da Prefeitura e da Sedema.

No link abaixo o contribuinte pode acompanhar a programação fixa anual e também a programação semanal:

Programação Semanal - manutenção das áreas verdes 

REGIÃO 1 Santa Rita / Avencas / Garças/Perdizes.
        
REGIÃO 4   Recanto da Água Branca/ Portal da Água Branca/Jardim Tomazzelo.
REGIÃO 5 Costa Rica / Belvedere/Chácara Unidas/ Vila Laranjal/Pq. Campestres / Jardim Campestre / Parque dos Ipês.
REGIÃO 6 Jardim Morato / Chácara Nazareth II/ Área do São Miguel / Morro do Castelinho.
REGIÃO 9 Loteamento Mário Dedini.
REGIÃO 12 Loteamento Vem Viver - Rua Fernando Novello / Loteamento Colina Verde.
CIRCUITOS  - Av. Miguel Caparroz / Av. Francisco Luiz Razera  / Av. Paulista / Av. Cruzeiro do Sul / Parque Santa Terezinha / Av. Nossa Senhora do Carmo / Av. Virgílio Da Silva Fagundes / Centro Cívico - Talude e Praças / Av.Alberto Vollet Sachs ( Entre Av. Luciano Guidotti  até Av. Piracicamirim) / Av. Independência  / Praça da Saudade / Av.Luciano Guidotti  / Bairro Chicó / Áreas Verdes e Salão Paroquial Igreja S. José / Av. Abel Pereira.



Canteiros Av. Francisco Luiz Razera 
LEGENDA:
* C.L. - Centro de Lazer.
* C.F. - Campos de Futebol.
* A programação poderá sofrer alterações em função de mudanças climáticas.

* Poderá haver divergência entre a Programação Semanal e a Anual em função de mudanças climáticas.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Poda das árvores em áreas particulares




 O Núcleo de Arborização da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente – Sedema e responsável pela poda e o corte das árvores em áreas verdes e calçadas.possui um padrão de poda baseado no Manual de Normas Tecnicas do Municipio. 



Mas, o que muita gente não sabe é que poda das árvores em domínio público, também pode ser executada por particulares, isso é, por pessoas credenciadas pelas Sedema. Este credenciamento se obtém através da participação destas pessoas nos cursos de poda ministrados periodicamente pelos técnicos da Sedema, de acordo com o Art. 258, da Lei complementar 251, de 2010.



Atualmente a Secretaria possuiu em seu cadastro o nome de 18 pessoas consideradas aptas a realizar este tipo de serviço à particulares. Nestes casos, o pagamento deste serviço deverá ser feito por conta do proprietário que solicitar a poda.


A Lei diz também que esta licença poderá ser caçada a qualquer momento quando a Sedema constatar o ”não cumprimento das normas técnicas para poda de árvores em área urbana”.

Balanço das chuvas nesta sexta-feira (19/05)




A Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente – Sedema registrou até o momento a queda de 20 árvores. As equipes da Sedema iniciaram os trabalhos desta sexta-feira (19/05) priorizando o atendimento emergencial, acompanhando e dando suporte às equipes da CPFL, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros.
Este trabalho aconteceu de forma lenta em função do grau de dificuldade para a retirada de galhos que caíram sobre fios de alta tensão. No período da tarde, a Sedema contou com seis equipes trabalhando simultaneamente. Neste sábado (20/05)  o trabalho deve continuar com a execução de limpeza e recolhimento de galhos.

Depois da finalização deste trabalho de urgência e atendimento às solicitações, a equipe de arborização da Secretaria deverá fazer um trabalho de avaliação técnica mais apurada de espécies que sofreram danos. 

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Sedema na Festa das Nações.



A Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente – Sedema está presente nos bastidores de todos os eventos da cidade e não deixaria de estar presente neste, considerado o maior da cidade que é a Festa das Nações.

O trabalho da Sedema iniciou semanas antes da abertura da Festa com a equipe de manutenção de áreas verdes. Uma equipe do setor de arborização permaneceu dois dias ao lado do técnico da Semac executando serviços de poda e recolhimento de galhos secos e limpeza. No total foram executadas 150 podas de árvores no Engenho Central.


A empresa terceirizada, Piracicaba Ambiental, responsável pelo recolhimento de resíduos domésticos, trabalha com esquema especial durante estes cinco dias. O trabalho teve início nesta quarta-feira (17/05) com duas equipes trabalhando diariamente, sendo 04 pessoas durante o dia e outras 15 no final até sexta-feira. Sábado e Domingo o trabalho ganha reforço com 15 pessoas durante o dia e outras 15 no encerramento. 

Sedema inicia a construção de novo ecoponto.

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente- Sedema, iniciou esta semana a construção de mais um ecoponto, desta vez no Bairro Santo Antônio, Rua João Laurelli, com cerca de 600 metros quadrados.
Com mais este, a Prefeitura completa 10 locais para o descarte adequado de resíduos de pequena monta.

Os ecopontos são instalados estrategicamente em vários pontos da cidade e estão aptos para receber:  entulho (até 1 m³, de acordo com a lei, mais que isso o munícipe deve contratar uma caçamba); material resultante de poda e capinação, sofás, eletroeletrônicos, pilhas e baterias de celulares, lâmpadas fluorescentes, pneus.

Nestes locais não se deve descartar lixo domiciliar.

A Maioria dos entulhos descartados nos ecopontos são encaminhados para reutilização em áreas de usinas de reciclagem do material, os rejeitos e sofás encaminhados para o transbordo de lixo domiciliar. Pneus, pilhas e baterias e lâmpadas para Central de Resíduos, localizados no Bairro Ondinhas, para onde foram posteriormente encaminhados para descontaminação e reaproveitamento.

O setor informa que foram estimados um reaproveitamento de 75% dos resíduos.


A retirada do material nos ecopontos e feita pelo setor de gerenciamento de resíduos da Sedema e acontece sistematicamente de forma ordenada e programada de acordo com a demanda de cada um, uma vez que alguns geram maior quantidade de resíduos que outros. 

Um dos principais objetivos para a instalação de ecopontos é evitar que estes materiais sejam despejados em áreas verdes e APP, evitando deste modo a contaminação de ribeirões e córregos.

A escolha dos locais para a instalação dos ecopontos é determinada de acordo com os maiores índices de descartes irregulares registrados nos bairros, através de estudos e planejamentos do setor de Gerenciamento de Resíduos da Sedema. 



Eles estão localizados nos seguintes bairros:

Endereços:

Monte Rey: Rua Giovanni Ferrazzo;
Bosques do Lenheiro: Rua da Sapucaia
Cecap/eldorado: Av. Eurico Gaspar Dutra;
Jd. Oriente/Agua Branca: Rua Valquiria Sanches Z. Antiqueira,

Mario Dedini: Rua Antonio Franco de Lima x Rua Liz Tozzi;
Mario Dedini: Rua dos Topázios x Rua das Ametistas;
Boa Esperança: Rua Francisco de Assis Pansiera;

Artemis: Rua Fioravante Cenedese (próximo a ponte de ferro);  



fotos: Sedema
https://www.blogger.com/blogger.g?blogID=8027533425315816423#editor/target=post;postID=1821207642181341208



quarta-feira, 17 de maio de 2017

CTR recebe a visita de representantes de Cajati e Jacupiranga

Outros dois municípios paulistas estiveram em Piracicaba, nesta terça-feira (16/05) para uma visita técnica à unidade de tratamento de resíduos de Piracicaba, a Central de Tratamento de Resíduos CTR – Palmeiras da empresa Piracicaba Ambiental.

Entre os visitantes, estiveram presentes, o Prefeito da cidade de Cajati, Lucival José Cordeiro, Jairo
Adilson de Oliveira, diretor do Departamento de Desenvolvimento Econômico; representando a cidade de Jacupiranga Josuel Volpini e Djalma Camargo, consultor do Consorcio do Desenvolvimento Intermunicipal do Vale do Paraíba – CODIVAR, foram recebidos pelo Prefeito Barjas Negri em seu gabinete.

No Ecoparque, os técnicos Andreia Muniz e os engenheiros Andrea Perruchod e Mayra Ferrari de Souza fizeram a apresentação de empresa, primeiramente em uma explanação em 3 D da tecnologia da Usina que está sendo implantada e depois mostraram as instalações.
Além de conhecer a tecnologia implantada em Piracicaba na usina de tratamento ambiental, os representantes destes municípios quiseram se informar a respeito do processo de Parceria Público Privado – PPP de resíduos de Piracicaba que possibilitou e avanço na política de resíduos do município. Segundo o diretor técnico de Cajati, a visita foi extremamente positiva, “pudemos desmistificar muitos pontos, foi muito esclarecedor”.

Piracicaba Ambiental

A Piracicaba Ambiental instalada em Piracicaba desde 2015, é a empresa responsável pela coleta de resíduos urbanos do município; varrição de ruas; pela coleta seletiva e dos bens Inservíveis (cata cacareco); lavagens dos varejões, encerramento do antigo aterro; implantação da usina de tratamento de resíduos e pela instalação da usina de tratamento de resíduos.


O CTR localizado no Bairro Palmeira, está sendo construído pela empresa Piracicaba Ambiental, formada pelo consórcio das empresas ENOB - Engenharia Ambiental, em parceria com a empresa alemã Kuttner & Co. KG, através de uma Parceria Público Privado – PPP.