segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Atividade no Horto saúda a chegada da Primavera



A equipe de Educação Ambiental, formada por funcionários da Sedema e do Instituto Florestal, promoveu mais uma atividade no Horto de Tupi, no domingo 22/09 de setembro: um “piquenique comunitário com o plantio de dez mudas de espécies nativas em comemoração à chegada da Primavera".


As espécies nativas foram cedidas pelo Viveiro Municipal e são: Jatobá, Jequitibá Branco, Peroba Rosa, Cereja do Rio Grande, Pau Brasil, Ipê Roxo, Laranja de Macaco, Erva de Gralha, Café de Bugre e Quina. Após o plantio, haverá o piquenique comunitário.

O piquenique comunitário aberto à população, contou com a presença do Prefeito Barjas Negri e do secretário do Meio Ambiente José Otávio Menten e da equipe de Educação Ambiental formada por funcionários da Sedema e do Instituto Florestal. Essa iniciativa fez parte da programação desenvolvida pela Sedema chamada Programa Setembro Verde.

bióloga Jessica Graciano e o Julio Lima 

O evento aconteceu n entorno da área de visitantes do Horto de Tupi e os participantes levaram lanche que foi compartilhado durante o piquenique comunitário. Durante a atividade, os participantes puderam conhecer um pouco mais das dependências do Horto de Tupi.




sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Academia no Jardim Ipanema será inaugurada e denominada amanhã, 28/09


A Prefeitura inaugura e denomina amanhã, 28/09,  a academia de ginástica Maria Cecília Dinis Negrisolo, que fica no Jardim Ipanema/Aman. A cerimônia acontece a partir das 10h, na avenida Sidney Luiz Brajão.
A academia fica em um centro de lazer, com área total de 6.514m², com parque infantil, iluminação, pista de caminhada, bebedouro e bancos. Com a denominação, será homenageada Maria Cecilia Dinis Negrisolo, que nasceu no dia 04 de maio de 1956, em Caramuru, Guararapes (SP).
Casada com Antônio José Negrisolo, com quem teve cinco filhos, era conhecida no bairro Jardim Ipanema, onde atuou como catequista por muitos anos. Dedicava-se aos eventos religiosos e do Centro Comunitário, sendo lembrada por seu cuidado e carinho por vizinhos e conhecidos. Maria Cecília faleceu no dia 18 de outubro de 2014, aos 60 anos.

Seu Bairro Mais Verde é o novo programa ambiental da Prefeitura


A Prefeitura de Piracicaba lança amanhã, sábado, 28/09, mais um programa de sustentabilidade e defesa do meio ambiente: Seu Bairro Mais Verde - Calçadas. O objetivo é incentivar o plantio de árvores da área urbana, por meio de um atendimento personalizado à população, realizado por equipes da Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema). Com esse programa, a meta inicial da Prefeitura é plantar 4.000 mudas/ano nas calçadas, 1.500 a mais que a média de 2018. O lançamento acontece às 8h30, na avenida Antonia Pazzinato Sturion, bairro Morumbi, com todas as etapas do plantio de uma muda na calçada em frente ao número 603.
Por meio do Viveiro Municipal, localizado no bairro Santa Rita, a Prefeitura já incentiva a população a plantar árvores ao doar mudas de mais de 80 espécies nativas, frutíferas e ornamentais, que podem ser solicitadas pelo telefone 156. O diferencial do programa Seu Bairro Mais Verde – Calçadas é que o interessado, agora, poderá solicitar uma análise de técnicos antes do plantio. Esses técnicos, que são do Setor de Arborização, Núcleo de Educação Ambiental (NEA) e Viveiro Municipal, irão indicar as melhores espécies, os melhores locais para recebê-las e ainda fazer o pedido das mudas e realizar o plantio, após autorização do morador.
Para que esse programa chegue a um maior número possível de pessoas, a Prefeitura, por meio do Centro de Comunicação Social, criou uma campanha com folhetos e spots que serão divulgados nas rádios da cidade, e posts que circularão pelas redes sociais. A ideia é conscientizar a população sobre a importância da existência de árvores na zona urbana, que contribuem para o aumento da qualidade de vida, porque deixam o ar mais úmido, diminuem a temperatura e aumentam a capacidade de o solo absorver a água da chuva, entre outras vantagens. Ao mesmo tempo, o programa alerta e evita que espécies erradas sejam introduzidas e depois causem danos às calçadas.
O prefeito Barjas Negri acompanhou a discussão e a elaboração do novo projeto. Para ele, a meta de plantar 4.000 árvores é factível, considerando que, somente em 2018, foram plantadas 2.451 mudas nas calçadas. “Arborizar a cidade não é apenas uma questão estética, mas, sobretudo, um investimento na qualidade do ar que respiramos, no equilíbrio da temperatura e no estímulo à sobrevivência de várias espécies de aves e insetos, tão necessários ao nosso ecossistema”, avalia Barjas.
O secretário da Sedema, José Otávio Machado Menten, lembra que o plantio em calçadas faz parte de um projeto maior da Prefeitura, o Piracicaba Mais Verde, que já vem sendo desenvolvido pela pasta há 12 anos, sendo um dos responsáveis pelo aumento de árvores na cidade, tanto na zona urbana quanto na rural
SERVIÇO – Lançamento do programa Seu Bairro Mais Verde – Calçadas. Amanhã, sábado, 28/09, às 8h30. Na avenida Antonia Pazzinato Sturion, 603, bairro Morumbi.


quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Prefeitura inaugura e denomina área de lazer no Areão


A Prefeitura inaugura e denomina amanhã, sexta, 27/09, a área de lazer Alcindo Carlos de Latorre, que fica na avenida Monsenhor Martinho Salgot, bairro Areão, em frente à entrada da Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba (Fumep). A cerimônia acontece às 18h30.
A área ganhará o nome de Alcindo Carlos De Latorre. De Latorre nasceu dia 7 de Outubro de 1954, na cidade de Charqueada. Desde criança trabalhou na criação de bichos da seda, ganhando inclusive, um prêmio por ser o melhor criador da época. Dedicou-se também ao ramo de lanchonetes na cidade natal.
Em 1985, mudou-se para Piracicaba onde construiu sua família e continuou sua jornada como comerciante. Durante 30 anos esteve à frente do estabelecimento que leva seu nome, Bar do Alcindo. Era casado com Viviane Aparecida Joós De Latorre com quem teve três filhos, Isabela, Isadora e Juan. Alcindo Carlos De Latorre faleceu em 22 de Fevereiro de 2019, aos 64 anos.

Força Tarefa captura a capivara no Lago do Parque da Rua Porto.



A capivara que há cerca de duas semanas vinha sendo vista no Lago do Parque da Rua do Porto, foi capturada na tarde desta quarta-feira, 26/09, com a ajuda de uma força tarefa.

Desde que foi avistado o funcionário da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente – Sedema e administrador do Parque, Luís Mazzero, vinha monitorando as aparições do animal de hábitos noturnos. O encarregado recorreu aos profissionais da Sedema, à veterinária Marianna Curi e à bióloga do Zoológico, Paula Matias.

Uma armadilha chegou a ser instalada na beira do lago do Parque da Rua do Porto, onde animal costumava ficar. A gestão municipal teve o aval da Polícia Ambiental e da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente para capturar o bicho devido ao risco de transmissão da Febre Maculosa.

A força tarefa composta pela equipe da Sedema, a veterinária Marianna Curi do Disk animais, da bióloga Paula Matias do Zoológico Municipal, Mendes do Pelotão Ambiental e o administrador do Parque Luís Mazzero recebeu ajuda do especialista, Paulo Bezerra que está prestando um serviço de manejo das capivaras dentro da Esalq e também do professor de Canoagem do Parque da
Rua do Porto, Gustavo Gozzo.
O animal, foi atendido pela equipe da Sedema e transferido para um local mais seguro para frequentadores e para o próprio animal.

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Praça e canteiros em frente ao Hotel Beira Rio adotados e requalificados foram entregues à população na segunda-feira, dia 23/09.

Juliana  Gragnani, Claudia Nogueira,
Cristiane Inamoto e o
 Prefeito Barjas Negri

O espaço foi adotado pela empresa Porks – Porco & Chope.
Mais uma parceria possibilitou à Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (SEDEMA) requalificar uma área através do “Programa Adote uma Área”. Desta vez a empresa parceira foi a Porks – Porco & Chope. A área adotada foi entregue à população nesta segunda-feira, 23/09.
Composta por uma Praça e três canteiros, totalizando 1.450 m², localizados em frente ao Hotel Beira-Rio, entre as Avenidas Beira Rio e Luiz de Queiroz, a área passou por obras de requalificação de acordo com cronograma apresentado pela empresa adotante. Foram executados os serviços de poda de herbáceas e arbustos, corte de grama, remoção e resíduos, preparação do solo e a  implantação do projeto paisagístico.
Cristiane Inamoto responsavel pela area adotada
apresenta e o Prefeito Barjas Negri 
No primeiro espaço, na Praça do “Protesto Ecológico”, foi realizada a manutenção; no segundo, foram plantadas flores (Vedélia - Sphagneticola trilobata) e grama; no terceiro, foram plantadas mini-lantana amarela (Lantana camara), grama e uma árvore da espécie Jasmim-manga (Plumeria rubra); no quarto espaço, onde já existiam duas Figueiras, próximo ao SEMAE (Serviço Municipal de Água e Esgoto), foi efetuado o plantio de Palmeira-rafis (Rhapis excelsa) e mais Vedélia.
            O Porks – Porco & Chope, consolidado em Curitiba e Belo Horizonte, “veio para deixar a noite dos piracicabanos mais completa. A empresa também cuida do meio ambiente e o intuito da adoção da área é conservar os espaços públicos. Assim como temos todo o cuidado com o seu amigo PET”, disse Cristiane Inamoto, responsável pela unidade da franquia em Piracicaba.
            Há muitas áreas que podem ser adotadas e cuidadas através deste tipo de parceria. Os interessados devem procurar os técnicos para orientação e viabilização da adoção. Segundo as regras do programa, os adotantes comprometem-se, através de um Termo de Cooperação, a realizar a manutenção de espaços públicos podendo, em contrapartida, instalar anúncios indicativos da parceria.

Programa Adote uma Área
O Programa “Adote uma Área”, criado pela SEDEMA através do Decreto nº 17.742/19, possibilita a requalificação de áreas públicas através de parceria entre poder público e a iniciativa privada. Entre as principais mudanças no Adote uma Área está a criação da Comissão de Análise de Adoção de Áreas Públicas, formada por uma arquiteta urbanista, uma engenheira agrônoma, um engenheiro ambiental e uma gestora ambiental, que analisa a proposta apresentada pela pessoa física ou jurídica.
A comissão, então, aprova ou sugere alterações até que a proposta atenda todas as especificações para ser colocado em prática. Por exemplo: as plantas devem ter altura compatível com a área onde serão plantadas, para que não atrapalhe nem motoristas nem pedestres. Nesse sentido também determina pontos de ruas e avenidas onde pode ocorrer o plantio, entre outras recomendações.
Outra mudança é que o Adote passa a contar com duas modalidades. A primeira inclui projeto técnico específico de paisagismo ou reflorestamento elaborado por profissional habilitado e implantado em áreas como parques, praças, rotatórias e canteiros centrais. E a segunda refere-se à adoção de áreas públicas de maneira simplificada, que compreende a execução de serviços de manutenção como o corte de mato e a remoção de resíduos. Vale ressaltar que todas as solicitações de adoção serão avaliadas pela Comissão de Análise.
A adoção de área tem como contrapartida da Prefeitura a possibilidade de propaganda da empresa responsável, sem ferir as regras da lei Cidade Limpa, que disciplina os anúncios sonoros, publicitários, imobiliários, indicativos e especiais por toda cidade. “O Adote uma Área permite que o cidadão dê sua contribuição no cuidado com a cidade, para que ela fique mais bonita. Também gera economia para o município, já que os recursos que seriam usados no corte de mato e na manutenção dessas áreas podem ser utilizados em outras regiões”, explica o secretário de Defesa do Meio Ambiente, José Otávio Machado Menten.
ESCOLHA A SUA - Para obtenção da autorização para adoção de área, o interessado deverá formalizar a solicitação em requerimento padrão, acompanhado de croqui de localização e fotografias da área a ser adotada e cópia simples de alguns documentos. No caso da pessoa física, é preciso o documento de identidade do adotante; documento de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), e comprovante de residência.
Se a pessoa é jurídica, será necessário o contrato social da empresa, estatuto social ou documento similar de sua constituição; documento de inscrição no CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas); Certificado de Licenciamento Integrado, e RG e CPF do representante legal.
Para adoção de áreas públicas com projeto técnico específico, além dos demais documentos exigidos, deverão ser apresentados um memorial descritivo e cronograma de execução das ações propostas; planejamento de manutenção da área; projeto de intervenção paisagística, de reflorestamento, de instalação de mobiliário urbano, entre outros documentos, a critério da Comissão de Análise, e anotação de responsabilidade técnica, devidamente quitada.
SERVIÇO – Para mais informações sobre as regras do Adote uma Área podem ser conseguidas com Cláudia Nogueira (3403-1205) e Juliana Gragnani (3403-1245), na Sedema.

terça-feira, 24 de setembro de 2019

Encontro Técnico Regional: Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos em Regiões Metropolitanas e Aglomerações Urbanas




CONVITE

Encontro Técnico Regional: Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos em Regiões Metropolitanas e Aglomerações Urbanas

O Presidente do Conselho de Desenvolvimento da Aglomeração Urbana de Piracicaba, Barjas Negri, convida a todos os interessados a participar do Encontro Técnico Regional: Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos em Regiões Metropolitanas e Aglomerações Urbanas, com o objetivo de promover o fomento de ações integradas entre Estado e Municípios, visando soluções regionalizadas e novas rotas tecnológicas para a implantação das diretrizes da Política Nacional de Resíduos Sólidos em harmonia com a Política Estadual de Resíduos Sólidos do Estado de São Paulo.

Programação
8h00 – Credenciamento

9h00 – Prefeito Barjas Negri
Presidente da Aglomeração Urbana de Piracicaba

09h30 – Dr. Glaucio Attorre Penna
Subsecretário de Infraestrutura do Estado de São Paulo – SIMA/SP

10h00 - Dr. Marcos Campagnone
Subsecretário de Assuntos Metropolitanos – SDR/SP

10h30 – Drª. Alexandra Facciolli Martins
Promotora de Justiça – GAEMA PCJ-Piracicaba

11h00 – Dr. Rui Brasil
Coordenador de Recursos Hídricos – SIMA/SP

11h30 – Dr. José Ferreira Assis
Gerente CETESB Piracicaba

12h00 – Dr. José Valverde e Dr. Ivan Mello
Grupo Gestor Comitê de Integração de Resíduos Sólidos – SIMA/SP

12h30 – Debate

13h00 - Encerramento

Data: 25 de setembro de 2019
Local: Centro de Lazer dos Trabalhadores João Denardi
Rua José Emídio s/ nº - Iracemápolis - SP

Inscrições:
E-mail: sedemaeventos@gmail.com
Telefone: (19) 3403-1252 / 3403-1254 – Contato: Fabiano



segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Rotatória em frente ao Hotel Beira Rio, adotada e requalificada será entregue à população na segunda-feira, 23/09


Mais uma parceria possibilitou à Prefeitura, por meio do setor de obras da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente – Sedema requalificar uma área verde através do programa “Adote Uma Área”. Desta vez, a empresa parceira foi a Porks – Porco & Chope. A área adotada está sendo entregue à população nesta segunda-feira, 23/09, depois de passar por obras de requalificação.

Composta por quatro áreas, a rotatória, com um total de 1450 m2,  localizada em frente ao Hotel Beira Rio, entre as avenidas Beira Rio e Rua Luiz de Queiroz, adotada pela empresa Porks, passou por obras de requalificação daquele espaço realizadas de acordo com o cronograma apresentado à Sedema pela empresa adotante: primeira foi a poda de arbustos e herbáceas, corte de grama, limpeza fina para, em seguida, foram substituídas por novas espécies na implantação do paisagismo.

Na primeira área, que refere-se à praça do Protesto Ecológico, foi efetuada a manutenção; na segunda foram plantadas flores Vedélia e grama, na terceira área foram plantadas Mini-Lantana Amarela, grama e árvore da espécie Jasmim Manga. Na quarta área, onde já existem duas figueiras, próximo ao Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) foram efetuados o plantio de Palmeira Rafis e de Vedélia.


Sobre a empresa

O Porks – Porco & Chope, consolidado em Curitiba e Belo Horizonte, chegou em Piracicaba “para deixar as noites dos piracicabanos mais completa. A empresa também cuida do meio ambiente e o intuito da adoção de área verde é deixar praças públicas preservadas. Assim como temos todo cuidado com seu amigo PET que também pode frequentar nosso PUB”, disse Cristiane Inamoto, responsável pela franquia em Piracicaba.
A Sedema estima que a cidade possua mais de 150 áreas que poderiam ser mantidas através desta parceira. As empresas interessadas poderão procurar os técnicos da Sedema para viabilizar a “adoção” de outras áreas verdes da cidade. Segundo as regras do programa, os responsáveis pelas áreas adotadas se comprometem, assumidos através de um contrato, a realizar a manutenção do espaço em troca de publicidade.
Adote uma área
O programa “Adote uma Área” criado pela Sedema, através de decreto no. 9771, proporciona a oportunidade da Prefeitura revitalizar áreas verdes através da parceria entre poder público X empresa propiciando uma melhoria de vida, beneficiando a todos os envolvidos.
Entre as principais mudanças no “Adote uma Área” está a criação da Comissão de Análise de Adoção de Áreas Públicas, formada por uma arquiteta urbanista, uma engenheira agrônoma, um engenheiro ambiental e uma gestora ambiental, que analisa o projeto paisagístico apresentado pela pessoa física ou jurídica.
A comissão, então, aprova ou sugere mudanças até que o projeto atenda todas as especificações para ser colocado em prática. Por exemplo: as plantas devem ter altura compatível com a área onde serão plantadas, para que não atrapalhe nem motoristas nem pedestres. Nesse sentido também determina pontos de ruas e avenidas onde pode ocorrer o plantio, entre outras recomendações.
Outra mudança é que o Adote passa a contar com duas modalidades. A primeira inclui projeto técnico específico de paisagismo ou reflorestamento elaborado por profissional habilitado e implantado em áreas como parques, praças, rotatórias e canteiros centrais. E a segunda refere-se à adoção de áreas públicas de maneira simplificada, que compreende a execução de serviços de manutenção como o corte de mato e a remoção de resíduos. Vale ressaltar que todas as solicitações de adoção serão avaliadas pela Comissão de Análise.
A adoção de área tem como contrapartida da Prefeitura a possibilidade de propaganda da empresa responsável, sem ferir as regras da lei Cidade Limpa, que disciplina os anúncios sonoros, publicitários, imobiliários, indicativos e especiais por toda cidade. “O Adote uma Área permite que o cidadão dê sua contribuição no cuidado com a cidade, para que ela fique mais bonita. Também gera economia para o município, já que os recursos que seriam usados no corte de mato e na manutenção dessas áreas podem ser utilizados em outras regiões”, explica o secretário de Defesa do Meio Ambiente, José Otávio Machado Menten.

ESCOLHA A SUA - Para obtenção da autorização para adoção de área, o interessado deverá formalizar a solicitação em requerimento padrão, acompanhado de croqui de localização e fotografias da área a ser adotada e cópia simples de alguns documentos. No caso da pessoa física, é preciso o documento de identidade do adotante; documento de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), e comprovante de residência.
Se a pessoa é jurídica, será necessário o contrato social da empresa, estatuto social ou documento similar de sua constituição; documento de inscrição no CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas); Certificado de Licenciamento Integrado, e RG e CPF do representante legal.
Para adoção de áreas públicas com projeto técnico específico, além dos demais documentos exigidos, deverão ser apresentados um memorial descritivo e cronograma de execução das ações propostas; planejamento de manutenção da área; projeto de intervenção paisagística, de reflorestamento, de instalação de mobiliário urbano, entre outros documentos, a critério da Comissão de Análise, e anotação de responsabilidade técnica, devidamente quitada.

SERVIÇO – Para mais informações sobre as regras do Adote uma Área podem ser conseguidas com Cláudia Nogueira (3403-1205) e Juliana Gragnani (3403-1245), na Sedema.


Esse evento faz parte da programação Setembro Verde desenvolvida pela Sedema com atividades realizadas o mês inteiro, Confira a programação. 

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Domingo, 22/09 tem piquenique comunitário no Horto de Tupi



Em comemoração a chegada da Primavera serão plantadas dez novas árvores durante o evento.


No domingo, 22/09 a equipe de Educação Ambiental, formada por funcionários da Sedema e do Instituto Florestal, promove mais uma atividade no Horto de Tupi, a partir das 9 horas: um “piquenique comunitário com o plantio de dez mudas de espécies nativas em comemoração à chegada da Primavera".

As espécies nativas foram cedidas pelo Viveiro Municipal e são: Jatobá, Jequitibá Branco, Peroba Rosa, Cereja do Rio Grande, Pau Brasil, Ipê Roxo, Laranja de Macaco, Erva de Gralha, Café de Bugre e Quina. Após o plantio, haverá o piquenique comunitário.

O piquenique comunitário é aberto à população e acontece na área de Visitantes do Horto de Tupi localizada SP 304 - Rodovia Luiz de Queiroz - KM 149 Estrada Rissieri Furlan, s/n – Tupi, Piracicaba/SP." Os interessados em participar deverão levar um lanche para ser compartilhado durante o piquenique comunitário. Os visitantes poderão conhecer as dependências da Área de Visitantes do Horto de Tupi

Mais informações pelo telefone 3417-9494



Baleia e leão, símbolos do Paraíso da Criança, são revitalizados



A baleia, que ganhou nova pintura, faz a alegria da criançada no Paraíso da Criança
O avião, o brinquedo em forma de baleia e o bebedouro que era um leão. Quem frequentou o Paraíso da Criança, anexo ao Zoológico de Piracicaba, com certeza, tem lembranças desses símbolos. O avião foi retirado porque não era seguro para a criançada, mas a baleia e o leão, continuam lá e fazem a festa da velha e da nova geração de visitantes.

O leão também foi revitalizado: escultura é lembrada
 por várias gerações de visitantes do Zoo de Piracicaba
Nos últimos dias, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), revitalizou a baleia, pintada de branco e azul. Ontem, 19/09, foi a vez do leão, que não serve mais de bebedouro, mas é queridinho da criançada na hora da selfie, receber cuidados especiais dos artistas Rodrigo Zangirolami e Redley Camargo. A escultura da década de 1970 foi limpa e pintada nas cores laranja, amarela e vermelha.

O Paraíso da Criança e o Zoológico, mantidos pela Prefeitura, recebem, em média, 40 mil visitantes/mês durante as férias. Eles são de Piracicaba e de cidades da região, como Limeira, Rio Claro, Santa Gertrudes, Iracemápolis, Tietê, São Pedro, Cerquilho, Cordeirópolis e Araras.
  
O Paraíso tem cerca de 23 mil metros quadrados, possui ainda uma central de recreação e uma ilha de brinquedos para crianças entre três e seis anos, com balanço para inclusão, balanço duplo, cavalinho com mola, carro táxi com mola dupla, entre outros.
Paraíso da Criança e Zoo recebem
cerca de 40 mil visitantes/mês durante as férias

Todos os brinquedos são confeccionados com materiais de alto desempenho, resistência a impacto e longa durabilidade, como aço inoxidável, alumínio, madeira e resina, revestidos por termoplástico, visando proporcionar maior segurança às crianças.

O Zoo e o Paraíso ficam na avenida Marechal Castelo Branco, 426 – Jardim Primavera. O telefone é (19) 3421-3425 e funciona de terça a domingo, das 9h às 16h, com entrada gratuita. Telefone: (19) 3421-3425. O e-mail é zoopiracicaba@gmail.com.





Prefeitura inaugura e denomina academia no Jardim Paineiras



A Prefeitura inaugura e denomina hoje, 20/09, a academia de ginástica ao ar
livre do Jardim Paineiras. A cerimônia acontecerá às 18h30, na rua Eloy Costa Filho, em frente ao número 160.

As academias ao ar livre têm como objetivo investir na saúde e no bem-estar da população. São instaladas em pontos estratégicos da cidade, com aparelhos que trabalham todos os grupos musculares. Oferecem atividades físicas de baixo impacto, destinadas aos adultos que querem e precisam fortalecer a musculatura, melhorar a flexibilidade, reduzir o sedentarismo e, ao mesmo tempo, conhecer novas pessoas e fazer novas amizades.

HOMENAGEM - A academia receberá o nome de João Bispo Oliveira. O homenageado nasceu em Grão Mogol, estado de Minas Gerais, no dia 06/10/1936. Ao mudar-se para Piracicaba, foi um dos primeiros moradores do bairro Jardim Paineiras, onde viveu por cerca de 30 anos. Casou-se com Ana Francisca de Oliveira com quem teve sete filhos, sete netos e uma bisneta. Carinhosamente apelidado de Bispo, cuidava das áreas verdes e da praça do bairro, plantando árvores e ajudando na limpeza do local. Lavrador, era conhecido também pelos serviços comunitários que realizava. João Bispo de Oliveira faleceu no dia 26 de junho de 2011, aos 74 anos.

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Área do Santa Rita, escolhida para atividades do Jardim Botânico, passa por manutenção


A área  engloba o Viveiro Municipal,  uma das três áreas escolhidas para as atividades do Jardim Botânico de Piracicaba (JBP).

 A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente, iniciou essa semana a limpeza da área localizada no bairro Santa Rita, que engloba o Viveiro Municipal de Mudas, e que faz parte das três áreas escolhidas para receber as atividades do Jardim Botânico de Piracicaba (JBP).
Nas ações de limpeza programadas para acontecer ali estão incluídas: a remoção de toco, a supressão de algumas árvores exóticas de pequeno, médio e grande porte da espécie Leucena (Leucaena leucocephala) e também duas Paineiras, previamente vistoriadas pelos técnicos da Sedema que apresentam necrose severa e grande quantidade de cupim, uma Mangueira morta e um Eucalipto com necrose. A equipe deve fazer também a retirada de resíduos sólidos.
Após essa ação de limpeza, os técnicos deverão iniciar o levantamento florístico coordenado pelo o Prof. Vinicius Castro Souza, responsável pelo Herbário ESA da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ/USP) “Trata-se de um estudo técnico que tem como objetivo identificar as espécies da flora ocorrentes em uma determinada área e caracterizá-las”.


Jardim Botânico de Piracicaba (JBP)

A área do Santa Rita, localizada no entorno da Lagoa do bairro, onde já funciona o Viveiro Municipal, é uma das três áreas escolhidas para receber as atividades do Jardim Botânico de Piracicaba, criado pelo Prefeito Barjas Negri o ano passado através do Decreto nº 17.377.
O JBP deverá exercer suas atividades prioritariamente em três áreas:  Essa, do Santa Rita, que possui considerável beleza cênica e grande potencial para se transformar em um Parque Urbano, escolhida para a construção da Sede Administrativa. As duas outras são: área verde anexa ao Parque do Engenho Central e o Parque Natural Municipal de Santa Terezinha, Parque da Cidade, localizado no km 169 da Rodovia SP-304.  Somadas as áreas todas, o Jardim Botânico compreende mais de 860 mil metros quadrados.
Segundo a comissão técnica, o objetivo principal da criação do Jardim Botânico é “conservar, valorizar e difundir a importância do bioma Mata Atlântica, especialmente a Floresta Estacional Semidecidual, típica da região de Piracicaba, por meio das coleções botânicas, da pesquisa e da educação ambiental”.

O terceiro Plante Vida do ano acontece nesse sábado, 21/09 no Cecap


Esse evento acontece no Parque Cecap  

A Secretaria Municipal de Defesa do meio Ambiente – Sedema, através do Núcleo de Educação Ambiental – Nea, promove neste sábado, 21/09, o terceiro evento do programa Plante Vida do ano, a partir das 8:30 horas.  O evento acontece na área verde do Parque Cecap localizado no final da Avenida Rio das Pedras, entrada do Cecap do lado direto. 
Para este plantio coletivo são enviados convites para as famílias que aderiram ao programa e não tem local para o plantio particular e optaram pelo plantio em área pública.   No município de Piracicaba nascem, em média, 15 crianças por dia, distribuídas pelas três maternidades, totalizando em média 5.500 crianças por ano.

O evento, faz parte da ampla programação desenvolvida pela Sedema para esse mês, SETEMBRO VERDE e contará com a participação do Prefeito Barjas Negri, do Secretário do Meio Ambiente, José Otavio Menten, representantes do Hospital da Unimed, além das famílias dos recém nascidos.

As espécies de árvores escolhidas para o plantio desse Plante Vida são: guarantã, jequitibá rosa, açoita cavalo, araribá, canela batalha, capororoca, erva de gralha, imbiribinha, laranja de macaco, pau mulato, quina, magnólia branca, guarantã.     

O Plante Vida

Lançado em 2007 com o objetivo de fortalecer o programa de arborização do município, o Plante Vida foi criado em parceria com as maternidades dos Hospitais: Fornecedores de Cana, Santa Casa e Unimed, prevê que, para cada criança nascida na cidade, se plante uma nova árvore.

O Plante Vida nasceu como uma forma de conscientizar a população sobre os benefícios da arborização urbana: embeleza a cidade, fornece sombra, aumenta a umidade do ar, refresca a temperatura da cidade, combate enchentes, oferece alimento e abrigo aos animais, reduz estresse, reduz a poluição sonora, diminui o efeito estufa, ameniza a erosão, dentre outros.

Com adesão de quase 100 %, os pais preenchem os cadastros nas maternidades e posteriormente são encaminhados ao Núcleo de Educação Ambiental (NEA) da Sedema e inseridos no banco de dados. A equipe do NEA faz o contato com a família. Existem três formas de os pais participarem do Plante Vida:

- plantio em calçada: a equipe da Sedema executa todo o processo do plantio, sendo de responsabilidade dos pais a manutenção da muda;
 - plantio em área particular, quintal ou chácara: a Sedema doa a muda para ser plantada pelos pais;
- plantio em área verde: o plantio é comunitário; a Sedema define uma área verde e agenda o plantio com os pais.
Os pais que participam recebem um cartão comemorativo e também um Guia de Arborização com as instruções de como plantar uma muda.

Zoológico recebe fêmea de lobo-guará

A fêmea de lobo-guará perdeu um dos membros
inferiores após ser capturada em armadilha

O Zoológico de Piracicaba tem uma nova moradora desde o mês de agosto. Trata-se de uma fêmea de lobo-guará, animal típico do Cerrado e o maior canídeo da América do Sul, podendo atingir até um metro de altura e pesar 30 quilos. A fêmea, que ainda não tem nome, já faz companhia para outro de sua espécie, o lobo Balu.
A fêmea foi trazida do Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Selvagens (Cempas), da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Unesp, campus de Botucatu. Ela estava no centro desde setembro do ano passado, quando foi resgatada em um condomínio em Paranapanena (SP), com uma de suas patas traseiras machucadas e sangrando.
De acordo com o veterinário Thiago Villalta, diretor do Zoo, a suspeita é que ela tenha sido pega em uma armadilha para javalis. Após o tratamento, com a amputação de uma das patas traseiras, o destino da loba foi discutido: ela deveria ser devolvida à natureza? O risco, nesse caso, seria grande, pois, em uma possível gestação, ela poderia morrer. “Ela poderia não conseguir dar cria sozinha, sem o membro posterior, que a espécie usa para fazer força e dar à luz”, explica Villalta.
Dessa forma, o melhor a fazer foi deixá-la em cativeiro e o Zoo de Piracicaba foi o local escolhido para que ela fosse assistida. “Infelizmente, por culpa do homem, ela está condenada a ficar em cativeiro. Mas, se gestar, vai ter de 1 a três filhotes que podem ser reintroduzidos na natureza”, explica Thiago.
O Zoológico de Piracicaba tem aproximadamente 340 animais. São 53 espécies de aves, sete de répteis e 25 de mamíferos. Os animais que chegam são remanejados de outros zoológicos ou resgatados, vítimas de maus tratos ou por viverem em cativeiros ilegais. Também são levados até o Zoo após serem encontrados feridos, vítimas de atropelamento ou de incêndios em matas. Sempre que há chances de que sobrevivam sozinhos, após os cuidados, são reintroduzidos na natureza.
SERVIÇO – O Zoológico Municipal de Piracicaba fica na avenida Marechal Castelo Branco, 426, Jardim Primavera. Funciona de terça a domingo, das 9h às 16h. Entrada gratuita. Telefone: (19) 3421-3425.

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Plantio da Arvore Simbolo do Jrdim Botanico no Viveiro


Piracicaba marca presença na maior ação de limpeza do planeta, com mais de 1000 cidades confirmadas no Brasil


A cidade participa do World Cleanup Day ou Dia Mundial da Limpeza no sábado, 21/09 através da ação do Pira no Plogging com apoio da Prefeitura, por meio da Sedema.

No sábado, 21/09, o Pira no Plogging promove uma edição especial para fazer uma grande limpeza na nossa cidade. Com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente – Sedema, para participar do  World Cleanup Day ou Dia Mundial da Limpeza  começa às 08 horas até às 10:30 horas e a concentração acontece na Praça do Cemitério da Saudade. 
Segundo uma das coordenadoras do evento, Maura Simões, o “World Cleanup Day ou Dia Mundial da Limpeza é uma ideia que teve um início humilde e pode mudar o mundo. O  o objetivo dessa ação, segundo ela  “é celebrarmos essa ação juntamente com tantas outras cidades do Brasil e do mundo!”

A inscrição é gratuita feita através do preenchimento deste formulário:  


“Vamos disponibilizar sacos de lixo e luvas para todos os participantes do evento”, continuou Maura, “contamos com a presença de todos os piracicabanos. Cheguem cedinho para garantir a sua camiseta!”
Em Piracicaba, o Dia Mundial da Limpeza, além da Sedema, tem apoio da ACIPI, da Fênix Soluções Ambientais, Alutec, Casa da Floresta, Rancho Orgânico, Ice by Nice, Bramak, Café Morro Grande, Clínica Bariátrica, MBM Escritório de Ideias, Proativa e LD Confecções Limeira.

World Cleanup Day ou Dia Mundial da Limpeza

O Dia Mundial da Limpeza tem mais de 700 cidades confirmadas no Brasil. A ideia de limpar coletivamente um país começou na pequena nação da Estônia em 2008, quando 50.000 pessoas se reuniram para limpar o país inteiro em apenas cinco horas.

Esta ação cívica foi realizada por voluntários e os organizadores nomearam a ação “Let's Do It!” ou “Vamos fazer isso!”, que descreve perfeitamente a essência do movimento. O sucesso da limpeza da Estônia se espalhou pelo mundo e agora são mais de 158 países que organizam limpezas baseadas no mesmo modelo. O movimento cresceu para ser a maior organização do gênero no mundo.
No Brasil, o movimento acontece desde 2012 sendo que no ano de 2018 foram 363 cidades que realizaram a ação, mais de 100 mil pessoas retiraram 2 mil toneladas de resíduos de praias, rios, praças, parques, avenidas, ruas e terrenos.

Em 21 de setembro de 2019, todos os países, voluntários e parceiros se reunirão novamente para diminuir o lixo no mundo e chamar a atenção para os impactos em nossas vidas e no meio ambiente. Uma poderosa "onda verde" de limpezas começará na Nova Zelândia e terminará no Havaí 36 horas depois, com milhões de pessoas trabalhando em um único objetivo: um mundo mais limpo.

A mobilização nacional ocorre pelo Instituto Limpa Brasil e Teoria Verde, sendo que os realizadores são todas as instituições e líderes em cada cidade que fazem adesão. Nesse ano, a ação pode ser considerada a maior já realizada no Brasil com mais de 1000 cidades confirmadas.

Acesse o site, clique no mapa e digite o nome da sua cidade. Faça contato com o líder para participar ou você também pode mobilizar seu grupo e cadastrar sua ação www.diamundialdalimpeza.com.br

Dicas importantes:

Faça um café da manhã caprichado, use roupas leves e confortáveis!
É importante usar calçados fechados e confortáveis para caminhada.
Levar sua garrafa com água para se manter hidratado!
Use protetor solar.
Tenha cuidado com o trânsito.
Crianças devem estar acompanhadas pelos pais ou responsáveis.
Evite pegar materiais de perfuro ou cortantes.
Se atente ao local observando a presença de galhos ou insetos.
Sua segurança é prioridade!

Mais informações através das publicações do Pira no Plogging através das mídias sociais:

https://www.instagram.com/piranoplogging/
https://www.facebook.com/Pira-no-Plogging


terça-feira, 17 de setembro de 2019

Jequitibá-rosa, árvore símbolo do Jd. Botânico, será plantada no Viveiro de Mudas

O imponente jequitibá-rosa,
escolhido por meio de votação
como a árvore símbolo do Jardim Botânico

A Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) promove nesta quinta-feira, 19/09, mais uma ação do Setembro Verde, com o plantio de mudas do Jequitibá-rosa, eleita a árvore símbolo do Jardim Botânico de Piracicaba. O plantio acontecerá no Viveiro Municipal de Mudas, às 9h.
O Jequitibá-rosa foi a espécie eleita a árvore símbolo, numa escolha que ocorreu por meio de votação pela internet e também envolveu alunos do 5º ano de escolas municipais. No concurso, o público tinha cinco opções de árvores nativas das florestas de Piracicaba que foram sugeridas por especialistas. Foram elas: o Jequitibá-rosa (eleita com 53,8% dos votos), seguida da peroba rosa (19% dos votos e 2ª colocada); tamboril com 14,1% (3ª); pau-marfim com 7,5% (4ª), e caviúna, com 5,3% (5ª).
O objetivo principal da votação foi envolver o maior número de pessoas para eleger a espécie que simbolizará o Jardim Botânico de Piracicaba. O complexo natural foi criado em 2018 pelo prefeito Barjas Negri, por meio do Decreto nº 17.377. Dividido em três áreas distintas - uma anexa ao Parque do Engenho Central; uma no Santa Rita, no entorno da lagoa do bairro, e uma no Parque Natural da Cidade – o Jardim Botânico terá área de mais de 860 mil metros quadrados.
O concurso da árvore símbolo do Jardim Botânico de Piracicaba foi criado pela equipe técnica da Sedema: engenheira agrônoma Clementina Rossin, arquiteta e paisagista Claudia Nogueira, analista ambiental Juliana Gragnani, com o apoio do Herbário ESA, por meio dos professores Vinícius Castro Souza, Marcelo Machado Leão e Flávio Leão; Associação dos Amigos do Jardim Botânico, por meio do sócio-fundador Urbano Campos Ribeiral Junior; Rede Brasileira de Jardins Botânicos, representado pelo presidente, João Neves Toledo.
Conheça o Jequitibá-rosa (Cariniana legalis)

O Jequitibá-rosa (Cariniana legalis) é também árvore símbolo do Estado de São Paulo. Tida como uma das maiores árvores do Brasil, a espécie pode atingir até 50 metros de altura e possui flores brancas com detalhes em vermelho. Algumas árvores desta espécie chegam a 3.000 anos e há majestosos exemplares delas na Estação Ecológica de Ibicatu, unidade de conservação situada no município de Piracicaba.
SERVIÇO - Plantio do Jequibitá-rosa. Local: Viveiro Municipal de Mudas, na av. Concepcionistas, esquina com a rua Lívio Ferraciú, s/nº, bairro Santa Rita. Na quinta-feira, 19/09, às 9h.